Thursday, July 9, 2015

Ensino : Programar como um Astronauta





A Load Interactive e a Fábrica Centro de Ciência Viva convidam crianças dos 8 - 10 anos a participar no evento "Programa como um astronauta".

Objectivos:
Os dois temas desenvolver-se-ão de forma lúdica. 




Kids coding
Os promotores sublinham a importância da programação para estruturar o pensamento na resolução de problemas, para "compreender como os programas são executados e para entender que muitos dos nossos problemas e necessidades podem ser resolvidos através de aplicações informáticas".

A iniciativa vai juntar noções de astronomia com a presença do astrónomo português José Matos que explicará como é a vida no espaço. 



Durante o evento os jovens participantes serão convidados a iniciar-se na programação, como o objectivo de montarem o seu próprio foguetão. 

Poderão também experimentar fatos de astronautas para viver uma experiência mais real, e única.

Quando:

Dia 18 de Julho 2015, das 09:00 às 14:00 horas.

Programa:

Para conhecer os detalhes deste evento, consultar aqui 

Onde:

O evento tem lugar em Aveiro. A consultar o mapa da cidade aqui

Nivel etário : 8-10 anos 

Inscrição: 

As inscrições estão abertas e podem ser feitas online

A inscrição é gratuita. Lugares limitados.

Nota : Pais e Encarregados de Educação


  • Cada jovem participante deverá estar acompanhada de 1 (um) Encarregado de Educação que será convidado a vestir um fato de astronauta.
  • A restante família e/ou acompanhantes pode assistir à entrega de prémios. Assistência limitada à lotação máxima da sala.





Ensino:

Todos sabemos a importância que a programação tem vindo a adquirir nestes últimos anos.

A European Code Week sob a presidência de Nellie Kroes muito contribui para essa abertura de horizontes.






Por exemplo, em 2014, A EU Code Week juntou: 3,000+ eventos, 38 países, entre os quais Portugal, e cerca de 100,000 participants.

Segui a Code Week EU 2013 e pude observar como evoluíu e cresceu de 2013 até a Code Week EU 2014.

Números muito reveladores do desenvolvimento desta actividade pedagógica que só sai enriquecida com eventos como este.

Sabemos que há países que já incluem curriculos de programação no ensino primário. É o caso do Reino Unido e Estados Unidos.





Portugal arrancará com os curriculos de programação a alunos dos 3º e 4º anos de escolaridade (ensino primário) em mais de 65 escolas  no próximo ano lectivo 2015-2016. 


A iniciação à aprendizagem da programação desde o 1º Ciclo do Ensino Básico promove o desenvolvimento de capacidades, como a criatividade, espírito crítico, pensamento analítico, organização de ideias, trabalho em equipa, resolução de problemas.

O projecto é consequência da evolução da sociedade que é cada vez mais informada e informatizada tornando-se assim necessário uma maior adaptação e ensino de temáticas que envolvem a tecnologia. 



Iniciação à programação 1º ciclo

O projecto vai funcionar como um primeiro passo para a inclusão de noções básicas de programação nos currículos do ensino básico.

Este projecto do MEC tem como objectivo ensinar o modo de funcionamento das plataformas de programação Scratch e Kodu nas actividades de tempos livres ou em acções complementares do currículo de estudos do ensino básico

Não fixa limite ao número de escolas que poderão leccionar programação. Deste modo, o número de escolas aderentes poderá ainda aumentar. As últimas notícias apontavam para 34 mil alunos distribuídos por 624 escolas do País. A ver aqui.

O projecto-piloto vai servir de ponto de partida para inclusão da programação nos currículos escolares. 




É pois uma oportunidade de jovens entres os 8-10 anos participarem neste ou em outro evento que possa ter lugar, de modo a enriquecer os tempos livres durante estas férias lectivas de verão. 
Aos educadores compete ver a utilidade de eventos que incentivem as aprendizagens, mesmo em tempos de lazer.

G-Souto

09.07.2015
Copyright © 2015G-Souto'sBlog, gsouto-digitalteacher.blogspot.com®
Creative Commons License
Ensino : Porgramar como um Astronautau bG-Souto is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

No comments: